#STOPErdogan Supremo Conselho Eleitoral (#YSK) rejeita apelos para a anulação do referendo e consequente repetição do referendo constitucional

O Partido das Pessoas Republicanas (#CHP), o Partido Democrático das Pessoas (#HDP) e o Partido da Pátria (VP) apelaram à anulação dos resultados do referendo e a sua repetição. O conselho eleitoral rejeitou esta proposta com 10 votos que validavam o referendo e 1 voto contra disse o Supremo Conselho Eleitoral em comunicado ontem.

O apelo destes partidos para o YKS foi feito na segunda-feira depois de uma decisão polémica por parte deste conselho – A validação de votos não selados, o que vai contra a lei eleitoral. Depois de rejeitado o apelo feito por estes partidos ao Conselho Eleitoral, não existe outra alternativa para recorrer desta decisão. No entanto, o CHP afirmou que levariam o caso para o Tribunal Internacional dos Direitos Humanos, caso o Conselho Eleitoral rejeitasse o apelo. | http://bit.ly/2ouGD2r

Já escrevemos anteriormente, que este referendo tinha sido legitimado pela repressão, censura, e manipulação estatal. Denunciamos várias das irregularidades que são conhecidas até ao momento, tais como: Funcionários do partido fascista #AKP tinham sido filmados a votar várias vezes; Entre 355 mil 500 curdos e curdas não poderem votar devido a deslocamentos forçados; A prisão em massa de qualquer voz que fizesse oposição ao sultão Erdogan; A censura e manipulação mediática por parte do AKP e a validação de votos irregulares segundo a lei eleitoral | http://bit.ly/2pGnA9L; http://bit.ly/2oq0ro9

O mesmo governo que “reclama uma vitória democrática” e rejeita as alegações de fraude, foi o mesmo que através do seu legislador Recep Ozel fez uma petição que foi aceite pelo YKS, onde se pedia a validação de votos não selados. Estima-se que tenham sido aceites 2,5 milhões de votos depois da decisão por parte do Conselho Eleitoral de aceitar o pedido do AKP. Este pediu surgiu depois do governo saber que o “NÃO” estava a ganhar o referendo.

Desde a divulgação dos resultados, milhares de pessoas têm saído em diferentes bairros às ruas em protesto com os resultados exindo que seja feito um novo referendo. Durante os protestos pelo menos 38 manifestantes foram detidos. | http://bit.ly/2oTMXo7

Pelo menos um jornalista foi preso, e começou agora uma greve de fome depois de 10 dias presos | http://bit.ly/2pC7ZoU

Este vídeo recolhido por diferentes pessoas no dia do referendo demonstra bem a fraude massiva que foi esta “eleição democrática” | http://bit.ly/2ouJNDl

Guilhotina.info

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas